Produtos baratos deixam a maquiagem perfeita?

O problema da durabilidade da maquiagem não é resolvido com produtos caros, mas a solução também não são os produtos baratos. Explico: fazer uso incorreto de produtos de maquiagem podem fazer com que você ressalte a oleosidade,  brilho e a acne da pele ao invés de camuflar. Desta forma, na hora da aplicação, a maquiagem fica perfeita, mas segundos após sair pro sol, a produção cai por terra.

Para deixar a maquiagem perfeita, o primeiro passo é limpar muito bem a pele, mesmo que esteja limpa, com um adstringente, demaquilante ou sabonete especial para o rosto. Depois, é necessário aplicar água termal ou corrente para limpar os resíduos do produto e camuflar a pele brilhosa.

O segundo passo é aplicar um primer na pele para prepará-la para receber maquiagem. O primer produz uma camada fina e transparente sobre a pele, então o que for aplicado depois não terá contato direto com os poros. Se você possui pele perfeita, ao invés de usar pó compacto, use apenas uma base líquida leve, pois é a base que segura o look o dia todo. Caso você queira mesmo o pó, use um pó mineral com camada leve.

Já tem quem tem pele imperfeita deve obrigatoriamente utilizar uma base e um corretivo para camuflar todas as imperfeições, pois é a dupla que faz milagres. O pó compacto serve apenas para retirar qualquer resquício de oleosidade e brilho da pele do rosto. Todos esses produtos precisam ser aplicados com pincéis, nunca com as mãos ou com esponjas, pois você pode ressaltar a oleosidade e o brilho desta forma. Se é verão e você vai sair com a sua pele imperfeita no sol para trabalhar, nem pense em usar blush, pois o seu rosto vai produzir sebo e a produção vai por água abaixo. Onde não houver suor, tudo é permitido.

Não existem restrições em relação aos olhos e as sombras, mas o pincel úmido permite fixar sombras por muito mais tempo. Quem soa demais, deve usar um delineador em gel ou sombra abaixo dos olhos para não escorrer e fazer você virar uma bela ursa panda. É o que vai acontecer se você usar delineador líquido ou lápis de olho preto.

Por fim, o segredo da durabilidade do batom é a quantidade de produto que você aplica. A boca linda, perfeita e molhada fará o batom borrar por onde for e desaparecer em questão de segundos. O batom dura o dia inteiro se você aplicá-lo em quantidades ideais com o uso de um pincel para lábios ou cotonete e depois secar um pouco do excesso com papel.

A importância do protetor solar na maquiagem

protetor

Utilizar protetor solar diariamente é ideal para proteger a pele contra os malefícios causados pela radiação ultravioleta do sol. No entanto, muitas de nós, com pele imperfeita, temos preguiça de usar esse produto e essa gigantesca preguiça nem Freud explica, não é mesmo? As imperfeições na minha pele foram como um tapa na cara para que eu pudesse enxergar isto, embora não sejam tão relevantes quanto o de outras pessoas. Mulheres que trabalham expostas ao sol precisam utilizar o protetor solar para não ocasionar manchas marrons no rosto e sardinhas na pele, pois dependendo do nível de gravidade, o quadro pode se tornar irreversível. No meu caso, o problema foi deixar o rosto mais rosado do que o resto da pele, mais amarelada.

O que você precisa saber antes de começar a usar é praticamente tudo sobre o protetor solar. Existem três diferentes tipos de protetores solares: UVA, UVB e Misto:

UVA

O UVA protege contra a radiação ultravioleta que penetra na pele através do sol e ocasiona envelhecimento precoce, o que pode facilitar alergias e até mesmo câncer de pele.

UVB

O UVB protege contra toda a camada atmosférica do planeta terra. Muitas vezes você pensa que por não ter sol, não precisa se cuidar. As radiações continuam no ar e penetram superficialmente na pele, ocasionando queimaduras.

Misto

Como o próprio nome já diz, protege tanto contra as radiações ultravioletas quanto a camada atmosférica. O protetor solar deve ser usando tanto de dia quanto de noite, pois até mesmo a luz da lâmpada do seu quarto pode interferir em um tratamento contra manchas de pele.

Mas, e a maquiagem, pele imperfeita? Escolhido o tipo de proteção solar que você deseja, o próximo passo é escolher a textura do produto, que pode ser com acabamento opaco em creme-gel ou com acabamento brilhoso em creme-óleo. Se você possui todos os problemas do universo no rosto, como eu, tal como espinhas, oleosidade e brilho, você não tem escolha: o seu protetor solar é o creme-gel opaco, ou seja, um matificador. Ao mesmo tempo que o protetor solar vai proteger a sua pele do sol, ele vai tratar as suas imperfeições e ainda servir como primer para a sua maquiagem, cuja preparação é ideal para manter a produção de make-up por algumas horas. Se você é perfeitinha e possui o rosto seco, opte pelo creme-óleo com acabamento brilhoso, que ao invés de matificar, fará o trabalho do iluminador na sua pele.

Base de baixa, média e alta cobertura

Na hora de comprar uma base para a maquiagem, a maioria das mulheres vão em busca da opção mais barata, sem parar para pensar que o barato pode sair caro:  o resultado é uma base de baixa cobertura para quem possui imperfeições. Então, elas enlouquecem: como assim baixa, média e alta cobertura?

O problema é que no Brasil existe uma cultura bem chata ligada à comercialização dos produtos da Avon. Para as mulheres mãos de vaca, tudo é caro, menos a Avon. No entanto, não é bem assim: marcas conceituadas podem custar o mesmo ou até menos que a Avon. Os produtos desta marca não são ruins, mas pouco se pensa sobre o tipo de pele que se tem: o que é bom para alguém com a pele perfeita, é péssimo pra mim que tenho a pele imperfeita.

Vamos conhecer as características destas bases?

A base de baixa cobertura é aquela que remove a oleosidade da pele e corrige pequenas imperfeições, sendo ideal para quem possui a pele perfeita, livre de manchas e de acne. No entanto, ainda sim é necessário o auxílio de um corretivo para camuflar estas pequenas imperfeições. Esse tipo de base no mercado é a mais barata que existe, indo até a faixa dos 30 reais.

Bases recomendadas: Maybelline, Boticário, L’Oréal, Avon, Vult, Marchetti, Koloss, Dalius, Milano, Asepxia e Duda Molinos.

A base de média cobertura remove a oleosidade da pele, corrige a rosácea do rosto e ainda camufla espinhas imperceptíveis no rosto, deixando-o completamente uniforme. É ideal para quem possui manchas e acne clarinhas, mas não quer ficar com o efeito cara de reboco. As imperfeições mais escuras são camufladas com a ajuda de um corretivo, mas mesmo assim nenhum dos dois produtos consegue camuflar 100%. Esse tipo de base no mercado possui preço médio, variando de 30 a 80 reais.

Bases recomendadas: Payot, Tracta, Mary Kay, Natura, Revlon, Catharine Hill, Make Up Factory, Estee Lauder, Bare Eccentuals, Missha e Benefit.

A base de alta cobertura é a milagrosa para quem tem a pele imperfeita, como a sua e a minha. Mas, quem quer sair com o rosto lindo e liso na rua terá que desembolsar uma graninha maior, afinal as bases valem o seu custo x benefício. O produto é mais denso, não sendo totalmente líquido. Na ponta dos dedos você sente que o produto é depositado na pele, ao contrário das bases líquidas que escorrem e você não vê onde foi parar no rosto. É ideal para quem possui manchas de sol, espinhas e rosáceas, pois camufla tudinho ao mesmo tempo que some com os sinais de oleosidade, brilho e suor. A base milagrosa custa entre 90 e 200 reais, sendo que as mais baratas cumprem seu papel com excelência.

Bases recomendadas: Mac, Shiseido, Make Up Forever, Contém 1g, Pupa, Smashbox, Dermablend, Chanel, Lâncome, Calvin Klein, Christian Dior, Clinique, Givenchy, Vichy e Bobbi Brown.

Maquiagem e o ritual para o trabalho

Quero mostrar a vocês desta vez um pouco sobre o meu ritual de maquiagem para o trabalho. Como eu tenho muita preguiça de acordar e me arrumar, principalmente agora que vai começar o inverno e já está frio, esta etapa do ritual é bem mais rápida do que para sair para qualquer outra ocasião.

1) Vichy Normaderm: É um sabonete líquido com glicerina para limpar o rosto, retirando sujeiras, escamações, oleosidade, brilho e tratando as imperfeições, como manchas de acne e espinhas.

2) Vult Demaquilante: Como o produto acima é uma gosminha, utilizo esse demaquilante para retirar os resíduos tanto do sabonete líquido quanto da maquiagem que não saiu completamente com a lavagem do rosto.

3) La-Roche Posay Effaclar:  É um regulador de oleosidade e brilho, conhecido como matificador, que também possui propriedades hidratantes.

4) Borghese Primer: É um preparador de maquiagem, como dizem os especialistas. O produto forma uma camada transparente no rosto que protege o mesmo de poros e brilho excessivo no rosto. Ao mesmo tempo, controlando estas peles imperfeitas, o primer faz com que a maquiagem fixe por mais tempo no rosto, sem a necessidade de constantes retoques.

5) Roc Protetor  Solar: É um dos melhores protetores solares do mercado para quem possui a pele extremamente oleosa e com brilho, pois ao passar o produto, você sente a sua pele refrescando no mesmo instante, o que faz com que as propriedades do protetor solar sequem a pele toda suada.

6) Maybelline Rímel: Demorei a encontrar o melhor rímel, aquele que não borra quando você pisca e te deixa parecendo um panda. O rímel da Maybelline é poderoso e milagroso, esticando todos os fios dos seus cílios, aumentando o olhar e a máscara de cílios é super sequinha, então não borra.

7) Duda Molinos Corretivo: Começando a maquiagem o corretivo do Duda Molinos não craquela na pele e ainda corrige todas as manchas, espinhas, pigmentações de pele e olheiras do rosto. As alternativas para ele são a Tracta, Mary Kay, Mac Studio Fix, Pupa e Contém 1g.

8) Dermablend Base: Quem possui pele imperfeita, como eu, opta por uma base com uma grandiosa cobertura, como é o caso desta. Ela camufla todas as imperfeições do rosto, todinhas, sem te deixar com cara de paçoca. As alternativas para ela são a Mac Studio Fix, Make Up Factory, Revlon, Mary Kay, Make Up Forever, Channel, Shiseido, Bobbi Brown, Lâncome e Contém 1g.

9) Duda Molinos Pó Compacto: A melhor cobertura de pó que já vi foi o da marca Duda Molinos e a cor bate certinho com o rosto e o pescoço. Existem outros pós de alta cobertura como a Mac Studio Fix, Smashbox, Contém 1g e Catharine Hill. De média a baixa cobertura temos Boticário, Mary Kay, Maybelline, Shiseido e L’oréal.

10) Payot Blush: As cores deste blush são incríveis e totalmente matte, ou seja, opacas, do jeito que eu gosto. As alternativas para ele são Mac, Duda Molinos, Pupa e Kolloss.

11) Bare Minerals Sombra: Como padrão, utilizo a sombra marrom opaca nas pálpebras e abaixo dos olhos, com um marrom mais escuro ou preto no côncavo. A camada abaixo dos olhos é fina e substitui o delineador. Para outras ocasiões, utilizo paleta de sombras da Miss Rosé e da Jordana.

12) Duda Molinos Batom: Os batons do Duda Molinos são protegidos contra quedas, pois é necessário estalar a embalagem para retirar o batom, o que já conta pontos a favor. As cores são matte e super sequinhas, ficam lindas e não transferem para as roupas. Escolho a tonalidade conforme o meu humor. As alternativas são Mac, Kolloss, Maybelline, Smashbox, Eudora e Tracta.

Batons Duda Molinos

Hoje eu vim aqui para falar sobre os batons mais incríveis que eu já vi no mercado de cosméticos e batons. Ainda não ingressei na gama de batons da marca Mac, mas a Duda Molinos é uma excelente opção para colorir os lábios e o melhor de tudo é que a marca é 100% nacional. Como havia citado anteriormente, existe muito preconceito com os produtos de maquiagem que não são da Avon ou da Natura, taxam a gente de “burguesinhas”, mas lhes digo que a qualidade do Duda Molinos é superior e o preço é infinitamente menor. Vamos re-pensar que saem dizendo por aí para as mulheres, viu?

Basta abrir a caixinha do batom Duda Molinos para receber uma gratificante surpresa que confirma o seu melhor custo x benefício: a embalagem não é aquele plástico que se cair no chão você não consegue mais guardar o batom. Isso significa que os batons da marca Duda Molinos precisam ser “clicados” na parte de baixo para o batom saltar para fora.

Outra gratificante surpresa são as belíssimas cores apresentadas por Duda Molinos, que por algum belo acaso, são fiéis aos mostruários, ao contrário de diversas outras marcas de batons presentes no mercado de cosméticos e maquiagem. A cor que você está vendo na imagem do começo deste post é exatamente o que você terá nos seus lábios. Além disso, o batom é super sequinho, matte sem ser exageradamente matificado e também não transfere.

Confira as tonalidades:

Palê: Tom de rosa clarinho nude.
Copacabana: Tom de salmão clarinho puxado para o coral.
Bossa: Tom de rosa médio nude.
Manaus: Tom de marrom médio, meio chocolate, meio dourado.
Lolita: Tom de rosa chiclete aberto.
Modern: Tom de laranja bem vivo.
Retrô: Tom de rosa neon aberto.
Tantra: Tom de rosa natural fechado.
Fire: Tom de vermelho intenso neon.
Casino: Tom de vermelho médio fechado.
Urca: Tom de marrom puxado para o vermelho escuro.
Disco: Tom de rosa shock médio.
Diva: Tom de rosa puxado para o roxo ameixa.
Samba: Tom de marrom médio fechado.
Soho: Tom de rosa antigo médio.
Savana: Tom de nude puxado para o caramelo e marrom claro.
Outono: Tom de nude puxado para o marrom escuro.
Bikini: Tom de rosa antigo escuro.
Cuba: Tom de vinho escuro, meio marrom, vermelho e violeta.
Tomato: Tom de vermelho claro puxado para o laranja.
Cinema: Tom de marrom puxado para o goiaba e marrom médio.
Sumatra: Tom de rosa antigo escuro.

E eis o meu top 5, os favoritos:

Excesso de produtos de beleza podem te embarangar ainda mais

Se você não nasceu com cara de top model, nem elas assim o fizeram, não adianta usar todos os produtos de beleza para o rosto que estão disponíveis no mercado de cosméticos, pois ao invés de tratar as peles imperfeitas, estes produtos, em excesso, podem acabar te embarangando ainda mais. Ao invés de seguir uma rotina de alternância de produtos para tratar todos os problemas de uma vez, procure se livrar deste vício e focar em apenas uma imperfeição, procurando notar os seus resultados ao longo do tratamento.

Saiba porque o que eu digo realmente acontece e podem ser facilmente confirmados por um bom dermatologista: Ao lavar demais o rosto, uma pele oleosa produz o dobro de óleo. O mesmo vale para o seu cabelo. Ao lavar demais o rosto, uma pele seca perde a sua capacidade de continuar hidratada, resultando no ressecamento e na descamação de células grossas. O mesmo vale para o seu cabelo, que pode passar a sofrer de caspas. Para quem possui o rosto e o cabelo misto, ou seja, oleoso e seco ao mesmo tempo, acaba sofrendo de ambas as consequências. O resultado do exagero é a obtenção de cravos, acne e rachaduras.

Se você já fez a caquinha toda, procure não inverter a finalidade dos produtos que irão reverter o quadro. Por exemplo: ao retirar a maquiagem, costuma-se utilizar um sabonete com glicerina para retirar a sujeira. O demaquilante tira os resíduos dos cosméticos apenas, mas não limpa profundamente. Na hora de comprar um removedor de make-up, opte pelo produto em gel se tiver a pele mista e emulsão de limpeza se tiver a pele seca. Um adstringente possui a finalidade de fechar os poros e não de limpar a pele. Já o tônico serve apenas para equilibrar o PH.

Voltando ao sabonete com glicerina, quem possui muito brilho e oleosidade no rosto deve usá-lo apenas uma vez por dia e utilizar um esfoliante no tempo indicado na embalagem do produto, geralmente três vezes por semana. Abandone as máscaras faciais, pois elas são as culpadas por seu rosto brilhar o dia inteiro, principalmente em fotografias. O tônico pode ser aplicado duas vezes ao dia, bem como os hidratantes séruns. Quem deseja previnir a pele seca não deve seguir os mesmos passos. Ao invés de abandonar as máscaras faciais, é necessário usá-las duas vezes por semana e não abusar do esfoliante, que deve ser aplicado apenas uma vez por semana para evitar uma cada grossa e descamada de pele. Esse tipo de rosto requer emulsão de limpeza que não deve ser enxaguado antes de dormir. Já quem possui a pele mista, pode lavar o rosto duas vezes ao dia, antes de ir para o trabalho e antes de dormir. Durante o dia, para driblar a meleca que se forma na face, pode-se usar lenços anti-brilho e água termal.

Quando você comete os exageros que estamos buscando evitar, a pele se vinga e vai ficando grossa ou manchada ao longo do tempo. Com isso, a proteção natural da pele fica abalada e os raios solares podem destruir agressivamente o seu visual. O primeiro fato a ser notado é o pequeno ardor após o uso de um produto. Se for mínimo que seja, isso quer dizer que algo está errado.

Produtos Baratos x Produtos Caros

Além de ser difícil ser mulher, ainda temos que encontrar o meio termo entre os produtos baratos e os produtos caros. Nem sempre o de mais alto custo é melhor, mas muitas vezes o barato pode sair caro. Não faz muito tempo que comecei a usar maquiagem, tudo por conta de uma força maior chamada trabalho. Desde então venho testando ambas opções de cosméticos, sem medo e sem me importar com a cara feia das vendedoras.

Maquiagem boa é aquela que me permite ficar produzida na maior quantidade de tempo possível sem ter que ir retocar a pele. Além disso, como não nasci top model, tenho problemas de acne, manchas causadas por espinhas espremidas, oleosidade e brilho excessivo durante o calor. Então, outros pré-requisitos para bons produtos são alta cobertura, fixação duradoura e acabamento matte.

Vejo muita gente que torce o nariz para as vendedoras que tentam lhe vender cosméticos da marca Mary Kay porque são muito caros. Custam a mesma coisa que marcas nacionais populares como a Avon, a Natura e a Boticário. Outras pessoas taxam certas mulheres burguesinhas porque optam usar Duda Molinos, Mac, Vichy ou Maybelline. Para o espanto geral, essas marcas possuem muito mais qualidade e custam menos ou praticamente a mesma coisa que Avon, tão idolatrada pelas que se consideram pobres, mas na verdade são mãos de vaca. E ainda temos marcas neutras que cumprem bem o seu papel, mas por não serem tão presentes na publicidade ou no boca-a-boca passam despercebidas. É o caso da Payot, da Revlon, da Tracta e da Catharine Hill.

Temos maquiagens caríssimas que são ruins, como por exemplo, a Loreal e a Make Up Factory. Mas, para quem tem dinheiro, vale a pena investir em Make Up Forever, Dior, Channel, Lâncome, Shiseido e Dermablend. Temos maquiagens baratas de farmácia que são ótimas, como por exemplo, a Marchetti e a Koloss. Mas, também tem muita coisa que na hora fica bonito e depois fica melequento, como é o caso da Vult e Dalius.

Nos próximos posts falaremos a fundo sobre cada marca citada aqui e opinaremos sobre cada um de seus produtos.

(Manuela Maia)